cotidiano

| HOME  | CADERNO F | REGIÃO  | EXTRA | OPINIÃO| IDÉIAS | TURISMO | O JORNAL | ARQUIVO| PROJETOS | ANÚNCIOS | SISTEMA

 


CULTURA
Escritor Nelson Patriota lançou
dois novos livros só em 2015

“Tribulações de um homem chamado Silêncio” é o primeiro romance do escritor


Jornalista e escritor Nelson Patriota lança nova obra literária (foto: Emanuel Amaral)

Yuno Silva
Repórter


Histórias para contar não faltam, e para adentrar em uma seara ainda desconhecida nada melhor que mergulhar no universo onde esteve submerso por 30 anos para se sentir seguro. Jornalista, crítico literário profícuo, poeta, ensaísta e biógrafo, Nelson Patriota se lança no desconhecido e apresenta seu primeiro romance nesta quinta-feira (19), a partir das 18h, na Academia Norte-Riogradense de Letras. O enredo de “Tribulações de um homem chamado Silêncio” (Sarau das Letras, R$ 30) se constrói dentro de uma redação, centro geográfico da trama que se desenrola por 240 páginas e mistura ficção com realidade.

“Romance é um misto de memória e invenção, difícil separar as duas coisas. A memória, que também serve para esquecer, se transforma com o passar do tempo; ela (a memória) reelabora e recicla lembranças, a literatura trabalha muito com isso”, avaliou o autor em entrevista ao VIVER. Patriota avisa que “é bem possível” que alguns colegas de seu tempo de redação reconheçam algumas passagens: “que podem ser lembradas de outra maneira, algumas memórias foram nitidamente reinventadas”.

As histórias acumuladas por Nelson Patriota em 30 anos de jornalista cultural, ora n'A República, ora nesta TRIBUNA DO NORTE, ora no Diário de Natal, no tablóide literário O Galo ou ainda em publicações alternativas e especializadas, serviram de fonte para se construir a história em torno do “homem chamado Silêncio”. O autor, que assume o papel de narrador em primeira pessoa, tece uma rede de fatos e personagens secundários que revelam conflitos e desafios do cotidiano de quem “busca a antítese, o furo... e nesse cenário toda a fauna ganha vida”.

Patriota lembra que o tema “jornal” é pouco explorado no campo do romance, “apesar de ser empolgante”. No livro há rotina de redação, mas também outros elementos que fazem a festa de qualquer leitor de romance.

O tom adotado pelo escritor, para contar a trajetória de um jornalista que veio de outro Estado e passou uns tempos morando em Natal, busca inspiração na sistemática vista em obras de aventura do século 19. “Cada capítulo apresenta uma nova situação e novos personagens que estruturam o romance clássico”, adianta.

Questionado se o público-alvo pode acabar restrito aos profissionais da área de comunicação, o autor diz que não. “O público em geral, além de poder se envolver com a história em si, ao mesmo tempo vai conhecer um pouco mais sobre a dinâmica e o métier jornalístico. Já os colegas vão reconhecer o ambiente familiar”.

A personalidade introvertida e reservada do protagonista é inspirada em uma pessoa real, com quem Patriota conviveu por cerca de cinco anos; e boa parte dos coadjuvantes também transitaram em algum momento pelas redações natalenses. “Não tenho mais contato com ele (o 'homem chamado Silêncio') há muito tempo, se esfumaçou, mas com certeza iria se identificar se lesse o livro. Pode até discordar, mas é um direito da ficção subverter os fatos”.

O personagem central é copidesque na redação de um jornal imaginário, criado a partir de todos os outros que Nelson passou. “Fora do trabalho tem uma vida desesperada, projetos malogrados, que contribui para que retorne de onde veio. Eu era um dos poucos amigos que ele tinha em Natal”, disse o autor, já misturando vida real com ficção. Vale 'traduzir' que copidesque é o redator e/ou revisor com permissão para aperfeiçoar um texto antes dele ser publicado, função extinta no jornalismo contemporâneo.

HORA CERTA

Nelson Patriota contou que “Tribulações de um homem chamado Silêncio” começou a ser elaborado há uma década. De lá para cá se envolveu em diversos projetos literários de terceiros, seja como editor e/ou organizador, e assinou a autoria de outras obras – em uma contabilidade rápida, considerando títulos publicados na última década, Nelson esteve envolvido diretamente com duas dezenas de livros.

“Ano passado decidi dar continuidade ao livro, desdobrar a narrativa para não se transformar em um conto. É importante que façamos nossa própria ficção, fundo da minha experiência enriquecida com muita leitura. Apesar de trabalhar com a palavra e muitas vezes ficar preso à rotina, esse romance ia acontecer mais cedo ou mais tarde”, garante.

Trecho inicial
Quantos sonhos deixei para trás? Confesso que não saberia enumerá-los, pois aprendi que os sonhos que fazemos às vezes se esfumaçam sem que sequer tomemos conhecimento disso, dando lugar a outros não menos efêmeros. Em compensação, minha memória insiste em lembrar a confissão que me faz alguém, muitos anos atrás, de um sonhos de que ele não pretendia abrir mão. Ei-lo:

Se sonho mais antigo era ganhar na loteria esportiva, encher a casa de livros e dar as costas para o mundo. Não que fosse um idealista, longe disso. Dizia-se um realista acima de toda e qualquer dúvida. Por isso, antevendo a impossibilidade de realizar seu sonho existencial – acertar sozinho o grande prêmio da loteria federal –, dispensava-se da obrigação trivial de arriscar a sorte nas filas das casas de apostas, como alguns colegas seus costumavam fazer, alguns havia anos, sem que tivessem obtido qualquer vantagem, mínima que fosse, desse esforço”.

Fonte: Tribuna do Norte

HISTÓRIA
Descobrimento ocorreu na costa de
Touros reafirma pesquisador Lenine

"O professor Lenine Pinto é o maior pesquisador dessa área no Brasil", afirma editor

Em edição revista ampliada pela editora natalense Sebo Vermelho, o pesquisador e escritor Lenine Pinto Barros, 85 anos, lançará durante o Festival Literário de Natal (FLIN), que ocorrerá entre os dias 5 e 7 de novembro, na Ribeira, um novo livro que, assim pode se dizer, completa a sua trilogia sobre a tese de que o Descobrimento do Brasil ocorreu no Cabo de São Roque, em Touros (RN), e não em Porto Seguro (BA), em 1500.

“O professor Lenine Pinto é o maior pesquisador dessa área no Brasil”, diz o editor do Sebo Vermelho, Abimael Silva, para informar que as duas primeiras edições das obras do autor sobre o mesmo tema, foram edições independentes do próprio escritor. “Nessas edições foram impressas 500 livros, e esgotou tudo, agora achamos por bem imprimir 300 exemplares, afirmou Silva, a respeito do livro “O mando do mar”, que consumiu oito anos de pesquisa de Lenine Pinto.

Em carta-prefacial na orelha do livro “O mando do mar” a ser lançado a partir das 18 horas da quinta-feira (5), na praça Augusto Severo, na Ribeira, o professor José Luís Conceição Silva, que é diretor do Centro Brasileiro de Estudos Portugueses da Universidade de Brasília (UnB), diz que leu, com a maior atenção e espírito crítico, o novo trabalho de Lenine Pinto sobre os problemas e dúvidas relacionados ao Descobrimento do Brasil.

Para Luís Conceição, as teses defendidas por Lenine Pinto “não se resumem à simples mudança do local da chegada de Cabral – do sul da Bahia para o leste do Rio Grande do Norte – e da correção da respectiva data (22 para 23 de abril segundo a praxe do ‘dia náutico”. Segundo o professor, elas “abordam aspectos da maior importância referentes ao período da História de Portugal conhecido como “Epopéia das Navegações e dos Descobrimentos”, que se inicia com Dom Diniz e só de pode considerar terminada quando Fernão de Magalhães morre nas Molucas em 1519”. Por fim, Luís Conceição disse que a análise do trabalho de Lenine, “leva-me a concluir sem sombra de dúvida que você atingiu o grau máximo”.

Fonte: Tribuna do Norte

REGIÃO
Praia de Perobas recebe o certificado
de excelência/2015 do site TripAdvisor

As belezas naturais do litoral de Touros/RN, encanta turistas que visitam suas praias

A praia de Perobas, no litoral Norte, município de Touros-RN, foi reconhecido pelo TripAdvisor, recebendo o Certificado de Excelência de 2015. O TripAdvisor é o maior site de recomendação de praias, hotéis, pousadas e restaurantes do mundo. A votação foi feita pelos que visitam e usufruem do que a praia oferece. Parrachos, acomodações, atrações e restaurantes recebem avaliações, frequentemente dos viajantes, que compartilham suas experiências de viagem para mais de 260 milhões de visitantes por mês.

“Um local lindíssimo, com uma excelente estrutura para os turistas. Gostei bastante. Fechei o pacote pela Mar Azul, nosso guia estava vestido de cangaceiro, e era muito simpático. A agua é realmente cristalina, porém muito mais salgada que o normal. Eu recomendo o passeio”, definiu a visitante.

REGIÃO
Emílio confessou á polícia que matou
irmã porque ela mexeu no celular dele

Emílio passou o dia bebendo, quando chegou em casa, a irmã queria usar o celular dele

Emílio Carlos de Nascimento Santana, de 39 anos, confessa ter matado a própria irmã ao golpeá-la com uma faca. O vídeo foi enviado a imprensa pelo delegado Natanión de Freitas. O crime aconteceu na tarde da sexta-feira (15) na cidade de Touros, litoral Norte potiguar. Segundo a família, a moça sofria de distúrbios mentais. A mãe, antes de a filha morrer, disse ter ouvido ela dizer: "foi o homem mal".

Márcia Najara do Nascimento Santana, de 28 anos, ainda foi socorrida, mas não resistiu ao ferimento e morreu ao dar entrada no hospital da cidade. Na gravação, o próprio suspeito diz que golpeou a irmã, a quem ele chama de “doida”, porque ela o arranhou no braço com raiva porque ele não permitiu que ela mexesse no celular dele.

“Ela ia dar na minha cara. Eu tava dormindo. Ela foi pra dar em mim, atrás do meu celular pra ligar. Ela não sabe nem ligar. Ela é doida”, disse Emílio. Durante a gravação, o suspeito ainda aponta o local onde houve a briga, dentro de casa.

“Emílio passou o dia bebendo. Quando chegou em casa, a moça queria usar o telefone dele. Como ela tinha problemas mentais, ele não quis dar o aparelho e então os dois começaram a brigar. Foi quando ele deu uma facada nela. Depois, foi mais uma vez para o bar e voltou a tomar cachaça. Quando fomos até a casa da família, o Emílio estava tranquilo, assistindo televisão, como se nada tivesse acontecido", revelou o delegado Natanión de Freitas, um dos titulares da Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal.

Fonte: Redação e G1

REGIÃO
Oposição de Touros se articula e já
tem pelo menos três nomes para 2016

Júnior da Emater, Assis do Hospital e Diego França, são os três nomes mais cotados

A oposição do município de Touros está começando a mostrar serviço. Alguns nomes já despontam como é o caso do do vice-prefeito Júnior da Emater, Assis do Hospital e o vereador Diego França, atual presidente da Câmara Municipal de Touros. São esses três os nomes mais cotados para enfrentar o atual prefeito Ney Rocha Leite que já declarou em recente evento que será candidato a reeleição em 2016. Com uma pré-campanha em ação, as andanças pela zona rural e assentamentos já começaram antecipadamente este ano, embora um nome oficial para representar a oposição só deva ser confirmado em fevereiro ou março do próximo ano.

A oposição demonstra maturidade ao trabalhar unida em busca de um nome que mais agregue para 2016, em eleições anteriores isso aconteceu de forma menos organizada. Esse quadro favorece uma unidade mais forte na hora da escolha de um nome comum dentro do grupo para disputar o poder na campanha municipal tourense. A opção de um quarto nome não é descartada pelo grupo oposicionista, embora nenhum outro nome se manifestou nesse sentido até o momento. Até a campanha municipal de 2016, um longo caminho se mostra pela frente, não será batalha fácil. Certamente o prefeito Ney Rocha Leite tem os seus planos e suas estratégias para continuar a frente do poder municipal tourense e não vai querer entregar o comando do Palácio Porto Filho de graça.

REGIÃO
Atleta de Touros, Beatriz Nicolly é
campeã brasileira nos 100 metros

Evento nacional aconteceu em Recife e contou com a assistência do prof. William

No primeiro Campeonato Brasileiro Escolar, realizado na cidade de Recife, estiveram representando pela Seleção do Rio Grande do Norte de atletismo as atletas, Barbara Michelly e Beatriz Nicolly e o prof. William Barbosa, ambas alunas da Escola Estadual Professora Isabel Barbosa Vieira, lembrando que as mesma fazem parte da equipe de atletismo "CAUPV" de Touros/RN. Motivo de orgulho para Touros e todo o Rio Grande do Norte.

De volta a Esquina do Brasil, na bagagem 4 medalhas, e sagrando-se a campeã brasileira a atleta Beatriz Nicolly, mas conhecida como "Bia", 1º lugar na prova dos 100 metros rasos, e a mesma, está pré convocada para representar o Brasil em Malta.

Fonte: Touros em Foco

REGIÃO
Corpo de Máximo Augusto encontrado
jogado em estrada de terra em Macaíba

O segurança da boate suspeitou da situação e chegou a perguntar se estava tudo bem

Desaparecido há dois dias, o estudante Máximo Augusto Medeiros de Araújo, de 23 anos, foi encontrado morto no início da tarde deste domingo (3) entre São Gonçalo do Amarante e Macaíba, na Grande Natal. O corpo foi identificado pela análise das digitais no Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep). A causa da morte só será apontada após a realização de necrópsia.

O estudante estava desaparecido desde a madrugada de sexta-feira (1), quando foi visto do lado de fora de uma boate no bairro Candelária, na Zona Sul da capital potiguar. De acordo com informações da família, o rapaz entrou em seu carro acompanhado de um homem que segurava um capacete de motoqueiro.

O segurança da boate suspeitou da situação e chegou a perguntar ao estudante se estava tudo bem e, ao receber uma resposta positiva, viu o jovem deixar o local de carro, segundo a família.

O delegado Sérgio Freitas, da Delegacia Especializada de Homicídios, esteve no local em que foi encontrado o corpo, mas não informou detalhes sobre a investigação. "A investigação foi iniciada pela inteligência da Secretaria de Segurança no dia do desaparecimento. Hoje conseguimos localizar o corpo do rapaz, que pelo estado, já estava há algum tempo lá", resumiu.

REGIÃO
Tempo chuvoso abala produção
de pescado no litoral norte do RN

Chuvas ocasionais e mudança do clima impulsiona fenômeno no país

O tempo nublado e as constantes chuvas ocasionais que vem caindo e quase todo o litoral brasileiro vem ocasionando um siguinificativa queda na produção de pescado em praticamente todo o país, e especialmente no litoral norte do RN. A queda já chega a pouco mais de 30% e tem preocupado bastante o setor pesqueiro. No litoral norte a queda ocasionou alta no preço do pescado e queda na procura, o que agrava ainda mais a situação que é considerada critica. A mudança climática do planeta, segundo cientistas seria o principal responsável pelo fenômeno.

REGIÃO
Crise atinge prefeituras e agrava
situação das prefeituras no estado

Prefeitos buscam uma solução para amenizar crise que só faz crescer

A crise que assola o país chegou aos municípios do Rio Grande do Norte com força e determinação. Menos receita, atrasos nos repasses dos recursos federais, atrasos nos convênios e inflação, são apenas um dos principais problemas enfrentados pelos municípios do RN. Os prefeitos estão tendo que mudar seus métodos e modo de pensar para poder continuar conduzindo suas administrações face a crise. A maioria das prefeituras dos Rio Grande do Norte está acima do limite prudencial definido pela lei de responsabilidade fiscal para despesas com salários dos servidores. Nessa situação, ficaram 80% dos municípios potiguares, resultado do aumento de gastos com folha de pagamento, ao mesmo tempo em que caem a arrecadação proveniente de transferência com Fundo de Participação, principal fonte de receita de algumas dessas prefeituras.

A avaliação é do presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), Francisco José Júnior. Prefeito de Mossoró, ele assumiu a presidência da entidade em janeiro, quando venceu a eleição por dez votos de diferença. Nesta entrevista, Francisco José faz uma análise da situação financeira dos municípios, responde sobre o motivo pelo qual as prefeituras não conseguem planejar para sair das dificuldades financeiras e fiscais e sobre as perspectivas políticas em Mossoró. "Começamos o ano de 2015 com notícias ruins para os municípios. Primeiro, com a Lei do Piso (dos professores). Não somos contra essa lei. Mas tivemos que pagar 13% de reajuste para os professores. O Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) só aumentou 7%. Houve uma defasagem. O FPM (Fundo de Participação dos Municípios) de janeiro foi 14% menor em relação ao mesmo mês de 2014. Agora, havia uma previsão de alta, que não vai se concretizar".

REGIÃO
Turismo de Gostoso se expande
e confusão geográfica cresce

Turistas e até moradores confundem o que é de Touros e de Gostoso

Uma confusão geral anda mexendo com a cabeça dos turistas que frequentam as praias do litoral norte potiguar. Até aonde vai o litoral do município de Touros? e aonde começa a praia de Gostoso? Pouca gente sabe dizer com precisão e o fato vem gerando uma grande confusão geográfica entre os dois municípios vizinhos. A situação é agravada em parte por causa de alguns comerciantes que divulgam suas lojas como sendo em Gostoso, quando na verdade estão dentro do município de Touros.

Um bom exemplo é o pousada, restaurante e cachacaria Urca do Tubarão, localizada no distrito de São José de Touros, para muitos a pousada faz parte do município de São Miguel do Gostoso. Essa confusão geográfica, tem estimulado a desinformação do turismo regional e contribuído para que turistas e visitantes recebam informações que não são corretas. Tem até um caso curioso de um turista cearense que foi informado que o Farol do Calcanhar ficava localizado em Gostoso e não em Touros e assim por diante.

REGIÃO
Bandidos matam barbaramente
menina de 4 anos em Muriú

A menor de apenas 4 anos foi executada pelos criminosos que fugiram

Uma criança de quatro anos de idade identificada apenas como “Evelin” foi baleada e morta na noite desta segunda-feira (30), dentro de casa, na comunidade Porto Mirim, na praia de Muriú, litoral Norte do Estado. De acordo com a polícia quatro homens armados chegaram em um veículo e cor preta, invadiram residência e atiraram em todas as pessoas que estavam o local. A mãe da garota e mais dois irmãos, sendo um de dois anos e um adolescente de 13, também foram baleados e socorridos em seguida.

Segundo testemunhas os suspeitos chegaram a casa procurando por uma mulher por nome de Alessandra e o marido dela, o homem teria fugido pulando o muro da casa, quando viu que seria morto, mas asa crianças e mãe ficaram na residência. Após o crime os suspeitos fugiram no carro que usaram para ir até ao local e não foram localizados pela polícia. O adolescente, o menino de dois nos e a mãe deles foram socorridos para o pronto socorro Clóvis Sarinho com vários ferimentos provocados por tiros. A polícia acredita em acerto de contas e que o casal seria o alvo dos atiradores.

REGIÃO
Aumento do descontrole público
agrava crise administrativa local

Prefeito Ney Leite, prometeu fazer o máximo, mas não consegue realizar o mínimo

Desde que assumiu a gestão municipal de Touros, o prefeito Ney Leite ainda não conseguiu ao menos organizar as contas públicas municipais. A medida que o tempo passa, aumenta o volume de compromissos não saldados, principalmente no tocante a pagamentos de funcionários, fornecedores e muitas e muitas promessas vencidas. Quem criticava a ex-gestora Luciana Farias com tanta veemência, deveria ao menos fazer o mínimo, mas nem isso o atual prefeito vem conseguindo realizar. Ney Leite realizou uma campanha política cheia de fortes acusações contra a gestão passada, ao mesmo tempo em que prometia realizar o máximo para transformar Touros num verdadeiro paraíso terreno.

Uma vez o Rei do Futebol brasileiro Pelé, falou "que o povo não sabe votar, porque vota pela emoção, deixando a razão de lado", naturalmente, sempre se dará mal agindo assim. As reclamações se agigantam de tal forma que em cada (10) moradores do município (08) falam abertamente mal da atual gestão, os outros (02) que se calam tem vontade de falar mas não podem por algum motivo de ordem maior. O que se vê hoje em Touros é a radiografia do caos de gestão, um caos maléfico, porque faz mal ao povo na medida que nada de bom é realizado em prol da população tourense, criando assim um imenso fosso entre o que foi prometido em campanha e a cruel e indiferente realidade do atual gestor.

ESTADO
Assaltantes conseguem escapar
com R$ 38 mil do Posto J. Araújo

Durante a fuga carro capotou mas bandidos escaparam pelo mato a pé

Uma ação criminosa ocorreu por volta do meio dia de hoje na cidade de Touros. Quatro bandidos em um veículo Siena de cor prata realizaram um assalto ao Posto J. Araújo, localizado na entrada da cidade de Touros/RN. Os marginais conseguiram levar R$ 38 mil em espécie (apurado do período carnavalesco), e quando tentavam fugir em alta velocidade capotaram o veículo nas imediações da estrada vicinal que liga a cidade com a BR-101. Após o acidente os bandidos entraram no mato e não foram mais vistos até o momento. A polícia tourense acredita que eles tenha conseguido escapar.

ESTADO
Lagoa do Boqueirão poderá
secar nos próximos dez anos

Empresas de agroindústria retiram milhões de litros de água diariamente

Nos próximos dez anos as perspectivas não são animadoras para os milhares de micro-agricultores que sobrevivem basicamente da Lagoa do Boqueirão no município de Touros-RN. Estudos mais recentes dão conta que devido ao uso exaustivos do manancial da lagoa por algumas empresas localizadas nas proximidades, e que chegam a utilizar diariamente milhões de litros de água através de sistemas de irrigação sofisticados, essa fartura de água retirada diariamente da lagoa pode reduzir seu manancial em até 80% até meados da próxima década. Enquanto a lagoa produz a riqueza de alguns poucos a grande maioria dos micro-agricultores que sobrevivem de seu manancial está com o futuro ameaçado.

Só para que se possa ter uma idéia, o que é retirado por dia pela agroindústria instalada nas proximidades do Boqueirão, daria para abastecer toda a comunidade local por dez anos. Enquanto o manancial da lagoa vem baixando ano a ano, os empresários tentam colocar a culpa apenas na natureza pela falta de chuva para encher os reservatórios e tenta colocar sobre a população a responsabilidade de solucionar o problema economizando água. Mas a verdade é que o uso doméstico equivale apenas a 6% do consumo de toda a água no país, ou seja, o consumidor residencial é o menos culpado pois consome pouco mais que 5% de toda a água utilizada.

ESTADO
Óleo negro brota do solo em
propriedade rural de Touros

Durante perfuração de poço tubular água jorrou misturada com óleo escuro

Durante a perfuração de um poço tubular em uma propriedade rural próximo a cidade de Touros/RN, a água que deveria brotar do solo limpa e cristalina jorrou escura e opaca, misturada com uma substancia escura e oleosa que lembra óleo veicular usado, segundo relatou um informante ligado ao dono da fazenda e que entrou em contato com nossa reportagem na manhã dessa terça-feira. O proprietário do terreno, cauteloso, temendo se precipitar, tirando conclusões erradas quanto ao achado, evita alardes, embora acredite ter descoberto petróleo no local. Ele no entanto optou em se manter no anonimato, segundo teria dito, para preservar a integridade da fazenda e a segurança da sua família, mas adiantou ao nosso "informante" que o material foi colhido e será enviado ainda essa semana para analise em Recife-PE.

Existe a possibilidade do material encontrado não ser petróleo, disse o engenheiro químico, Fernando Eiras, a quem consultamos logo que recebemos a informação. Segundo ele, mesmo com cheiro característico e, em geral, menos densa que a água e com cor variando entre o negro e o castanho escuro o material pode ser não inflamável, portanto material ainda em transformação molecular sem utilidade para que possa ser industrializado e transformado em combustível. "Alguns achados do Rio Grande do Norte nas décadas de 80 e 90 do que parecia ser petróleo terminou em decepção", explica Eiras. No entanto a duvida sobre esse achado tourense só será esclarecida depois que o material receber o parecer técnico afirmando ou não ser petróleo de boa qualidade. Isso levará apenas mais alguns dias.

ESTADO
Dupla promove assalto a mão
armada na praia de Pititinga

Assaltantes usaram moto e estavam de capacete na hora do delito

A escalada da violência não respeita hora nem lugar. Chegou a nossa Folha a informação de que dois indivíduos armados de revolver e canivete assaltaram um comerciante conhecido por "Zé Pedro" no distrito de Pititinga na manhã de hoje. O delito ocorreu quando o comerciante saia de casa por volta das 8:30. Os assaltantes usaram uma moto de cor vermelha e ambos estavam usando capacete no momento em que abordaram o comerciante. Um dos bandidos estava armado com revolver, já o companheiro usava um canivete. Os bandidos ainda conseguiram levar a carteira do comerciante com algo em torno de R$ 230,00, um aparelho celular, um relógio e um cordão de pescoço. Após o assalto a dupla saiu em disparada no sentido da BR-101.

 

 


Sistema Integrado de ComunicaçãoConheça a Folha do Mato Grande

Expediente | Departamento Comercial | Arquivo Vivo | Classificados | Sistema Integrado | Fale Conosco
© Copyright. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total do conteúdo desta página sem a prévia autorização da nossa direção. // Designe Criativa